• Cristalwolf

2 - O Princípio de Correspondência - Os 7 Princípios Herméticos

Atualizado: 27 de Jan de 2019


OS 7 PRINCÍPIOS HERMÉTICOS


"Os Princípios da Verdade são Sete; aquele que os conhece perfeitamente, possui a Chave Mágica com a qual todas as Portas do Templo podem ser abertas completamente." - O CAIBALION

Conhecer os Sete Princípios em que se baseia toda a Filosofia hermética é essencial para qualquer bom praticante de magia, são os seguintes:

  1. O Princípio de Mentalismo.

  2. O Princípio de Correspondência.

  3. O Princípio de Vibração.

  4. O Princípio de Polaridade.

  5. O Princípio de Ritmo.

  6. O Princípio de Causa e Efeito.

  7. O Princípio de Gênero.

Ao longo do tempo faremos matérias sobre cada um dos Sete Princípios de forma que possam (e vão) ser explicados e explanados individualmente aqui. Começaremos hoje com:


2. O Princípio de Correspondência


“O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima.” – O CAIBALION

Este princípio incorpora a verdade de que há sempre uma correspondência entre as leis e os fenômenos de vários planos que se manifestam como seres e vida. Agarrar esse princípio é o que permite deduzir as soluções ocultas dos problemas, examinando o que existe em uma camada acima e abaixo do problema, compreender o padrão e a natureza sombreada do que está no meio.


É claro que existem planos e fenômenos além do nosso conhecimento, pois estamos limitados aos espectros de luz visível e som audível, mas, ao testemunharmos os padrões que existem em nossa dimensão, podemos deduzir o que pode existir nos níveis superiores e inferiores.


Assim como o conhecimento da Geometria permite medir o cosmo e mapear seus movimentos, como uma dança de esferas e espirais. Observando o Princípio da Correspondência, podemos conhecer todo o Universo explorando a natureza superior e inferior das coisas que cercam o mistério. E da mesma forma, descobrir mais de nós mesmos, experimentando e estudando o mundo do qual fazemos parte integralmente através da busca da Gnose. O micro está na macro e vice-versa.


Este Princípio contém a verdade de que existe uma correspondência entre as leis e os fenômenos dos diversos planos da Existência e da Vida. O velho axioma hermético diz estas palavras: “O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima.’ A compreensão deste Princípio dá ao homem os meios de explicar muitos paradoxos obscuros e segredos da Natureza. Existem planos fora dos nossos conhecimentos, mas quando lhes aplicamos o Princípio de Correspondência chegamos a compreender muita coisa que de outro modo nos seria impossível compreender. Este Princípio é de aplicação e manifestação universal nos diversos planos do universo material, mental e espiritual: é uma Lei Universal.


Os antigos Hermetistas consideravam este Princípio como um dos mais importantes instrumentos mentais, por meio dos quais o homem pode ver além dos obstáculos que encobrem à vista o Desconhecido. O seu uso constante rasgava aos poucos o véu de Isis e um vislumbre da face da deusa podia ser percebido. Justamente do mesmo modo que o conhecimento dos Princípios da Geometria habilita o homem, enquanto estiver no seu observatório, a medir sóis longínquos, assim também o conhecimento do Princípio de Correspondência habilita o Homem a raciocinar inteligentemente, do Conhecido ao Desconhecido. Estudando a mônada, ele chega a compreender o arcanjo.

176 visualizações
CONTATO:
INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES!

© 2018 - Este site foi desenvolvido por Axioma e todo o seu conteúdo está protegido pela lei dos direitos autorais.