• Cristalwolf

1 - O Princípio de Mentalismo - Os 7 Princípios Herméticos

Atualizado: 27 de Jan de 2019


O universo é executado por leis naturais. Maçãs caem. Pássaros voam. Vivemos. Morremos. Entretanto, quando tomamos tempo para entender essas leis, podemos usá-las e aproveitá-las à nosso favor. Podemos, por exemplo, trabalhar com a gravidade para voar, usar o conhecimento de que um dia vamos morrer para se viver uma vida melhor, e é claro, também podemos praticar magia.


Desde o início da civilização, os mais sábios de nós se uniram para descobrir quais são essas leis naturais, para que pudéssemos aprender com elas e usá-las para experimentar mais felicidade, significado e controle sobre nossas vidas.


Hoje em dia, você pode encontrar manifestações desta busca em livrarias e pela internet de forma paga ou gratuita com toda a facilidade do mundo. Entretanto, há quase 2.000 anos atrás, quando esses temas e idéias matavam por heresia e blasfêmia, estes temas eram discutidos em tons sussurrados e passados ​​apenas de um mestre para o aluno em momentos de extrema confiança.


No entanto, através de esforços de preservação, somos capazes de olhar para o nosso passado filosófico, que levou a uma maior compreensão global do universo, o nosso lugar nele, e catalisou o renascimento criativo italiano, influenciou o Revolucionários americanos, e que agora aparece em grande parte da mídia moderna de crescimento e aperfeiçoamento pessoal: Essa tradição é o hermetismo e seus 7 princípios.


OS 7 PRINCÍPIOS HERMÉTICOS


"Os Princípios da Verdade são Sete; aquele que os conhece perfeitamente, possui a Chave Mágica com a qual todas as Portas do Templo podem ser abertas completamente." - O CAIBALION

Conhecer os Sete Princípios em que se baseia toda a Filosofia hermética é essencial para qualquer bom praticante de magia, são os seguintes:

  1. O Princípio de Mentalismo.

  2. O Princípio de Correspondência.

  3. O Princípio de Vibração.

  4. O Princípio de Polaridade.

  5. O Princípio de Ritmo.

  6. O Princípio de Causa e Efeito.

  7. O Princípio de Gênero.

Ao longo do tempo faremos matérias sobre cada um dos Sete Princípios de forma que possam (e vão) ser explicados e explanados individualmente aqui. Começaremos hoje com:


1. O Princípio de Mentalismo


"O TODO é MENTE; o Universo é Mental." - O CAIBALION

Este primeiro princípio incorpora a verdade de que "Tudo é Mente". Ou seja, o Universo em si, em um nível subjacente e fundacional, é mental. Que todos os fenômenos da vida, matéria e energia do universo material são pensamentos de uma Mente viva infinita e universal. O que significa que todas as coisas compartilham uma conexão no fato de existirem dentro da Mente do "TODO", como é colocado, e portanto estão todas sujeitas às leis das coisas criadas. Este Universo Mental, em benefício do experimento, poderia ser explicado como uma inteligência infinita, um campo inteligente e até mesmo a própria natureza da consciência.


O Princípio do Mentalismo explica a natureza da "energia", "poder" e "matéria" como sendo subordinada à Mente, à medida que aparece dentro de nós mesmos e na natureza permeável de todas as coisas.


Quando você vê tudo o que pensa e, portanto, a interação do pensamento com o pensamento, você desenvolve uma compreensão do primeiro princípio do mentalismo, que permite compreender as leis do universo mental, sendo os 7 princípios herméticos, e aplicá-los a seu bem-estar e avanço pessoal. Como usar o conhecimento do Princípio da Polaridade, que é o quarto princípio hermético, entender que o amor e o ódio são a mesma intensidade da emoção, variando apenas em grau. E através do poder da mente, pode ser transferido de um grau para outro pelo poder do pensamento objetivo e escolha consciente. As duas emoções mantêm sua intensidade, mudando apenas em grau para se adequar a qualquer resultado e experiência que você mais deseja. Isso é possível pela lei do mentalismo para influenciar outras leis, e a capacidade do plano mental de influenciar o que acontece em outros planos.


No hermetismo, existem três grandes planos: o plano mental, o plano físico e o plano espiritual. De uma perspectiva em primeira pessoa, o plano mental é experimentado simplesmente como pensamento, insight, intuição e razão. Mas não é uma questão de quanto esse plano corresponde a outros planos invisíveis ou causais, e sim de que pode haver mais em nossos pensamentos do que percebemos. Nossos pensamentos não estão ligados simplesmente ao plano físico, eles têm um efeito em um nível energético e espiritual, que é menos óbvio, mas ainda muito real.


Este princípio é o que permite ao praticante aplicar sua faculdade mental para alavancar todas as outras leis, quase percebendo o pensamento do sistema operacional, que nos permite interagir com outras camadas do ser. Antecipar outras leis naturais e energéticas e fazer com que elas ocorram de maneiras que nos beneficiem. Fazendo uma ciência de todos os fenômenos do universo, porque todos os outros planos ainda existem dentro do reino de um Universo Mental - e, portanto, podem ser racionalizados. Através desse princípio, Davi pôde derrubar Golias, o homem pôde explorar a Lua e podemos argumentar com todos os fenômenos do universo mental.


Este Princípio contém a verdade que Tudo é Mente. Explica que O TODO (que é a Realidade substancial que se oculta em todas as manifestações e aparências que conhecemos sob o nome de Universo Material, Fenômenos da Vida, Matéria, Energia, numa palavra, sob tudo o que tem aparência aos nossos sentidos materiais) é ESPÍRITO, é INCOGNOSCÍVEL e INDEFINÍVEL em si mesmo, mas pode ser considerado como uma MENTE VIVENTE INFINITA e UNIVERSAL. Ensina também que todo o mundo fenomenal ou universo é simplesmente uma Criação Mental do TODO, sujeita às Leis das Coisas criadas, e que o universo, como um todo, em suas partes ou unidades, tem sua existência na mente do TODO, em cuja Mente vivemos, movemos e temos a nossa existência. Este Princípio, estabelecendo a Natureza Mental do Universo, explica todos os fenômenos mentais e psíquicos que ocupam grande parte da atenção pública, e que, sem tal explicação, seriam ininteligíveis e desafiariam o exame científico.


A compreensão deste Princípio hermético do Mentalismo habilita o indivíduo a abarcar prontamente as leis do Universo Mental e a aplicar o mesmo Princípio para a sua felicidade e adiantamento. O estudante hermetista ainda não sabe aplicar inteligentemente a grande Lei Mental, apesar de empregá-la de maneira casual.


Com a Chave-Mestra em seu poder, o estudante poderá abrir as diversas portas do templo psíquico e mental do conhecimento e entrar por elas livre e inteligentemente. Este Princípio explica a verdadeira natureza da Força, da Energia e da Matéria, como e por que todas elas são subordinadas ao Domínio da Mente. Um velho Mestre hermético escreveu, há muito tempo: "Aquele que compreende a verdade da Natureza Mental do Universo está bem avançado no Caminho do Domínio." E estas palavras são tão verdadeiras hoje, como no tempo em que foram escritas. Sem esta Chave-Mestra, o Domínio é impossível, e o estudante baterá em vão nas diversas portas do Templo.

1,912 visualizações1 comentário
CONTATO:
INSCREVA-SE PARA RECEBER NOVIDADES!

© 2018 - Este site foi desenvolvido por Axioma e todo o seu conteúdo está protegido pela lei dos direitos autorais.